PÁGINA INICIAL
QUEM SOMOS
ZELADOR - O CURSO
NOSSOS CURSOS
EMPRESAS PARCEIRAS
AOS EMPRESÁRIOS
TEM + DE 40 ANOS??
MENOR TRABALHADOR
NOSSOS CLIENTES
DEPOIMENTOS
ADMIN. CONDOMÍNIOS
RECAP NA IMPRENSA
AGENTE DE PORTARIA
DIA DO PORTEIRO
O CURSO DE LÍDER
FOTOS & FATOS
SEGURANÇA???
SUPERVISOR OPERAC.
CURSO DE PISCINAS
PAGAMENTOS
VÍDEO
ALMOÇO SELF SERVICE



 

Construção melhora e demanda porteiro

Márcio Silva
DGABC

Cuidar da entrada de várias pessoas que todos os dias passam pelas portas e portões de prédios, condomínios e portarias de fábricas não é um trabalho simples. Quem faz isso é o porteiro. Vem dele o primeiro ‘bom-dia`` de milhares de pessoas que vão para casa ou para o trabalho. E a demanda pela profissão vem crescendo. O movimento acontece devido ao forte crescimento da construção civil nos últimos anos, que gerou aumento de prédios e condomínios.

Segundo dados do Ministério do Trabalho, existem cerca de 400 mil porteiros no País. O Estado de São Paulo emprega quase 40% dessa mão de obra, cuja demanda é crescente.

Instrutor de um curso para porteiros, Diney Rodrigues, afirma que a procura das empresas por esses profissionais está muito maior que a quantidade de pessoas que recebem formação para a área. `Nós treinamos no curso cerca de 60 porteiros por semana, e as empresas parceiras ofertam por semana, 300 vagas. Falta gente para trabalhar`, afirma Rodrigues. O curso que ele ministra já treinou 6.000 porteiros desde 2007.

O treinamento para porteiros é rápido: tem carga horária de dez horas, sendo ministrado em um único dia. O curso é focado nas áreas de segurança patrimonial, atendimento e de relacionamento humano.

Hoje, muitos prédios e condomínios usam circuito de vídeo e computadores para monitoramento visual, como auxílio na segurança. É o porteiro quem responde pelo sistema de vigilância da entrada do empreendimento. Ele é o encarregado por identificar os moradores e visitantes.

Milvânia Carvalho, 32, cuida da portaria de um prédio comercial no bairro Campestre, em Santo André, mas é registrada como recepcionista. As câmeras eletrônicas são a principal ferramenta do seu trabalho. Elas estão na entrada, na passagem até o prédio e dentro dos elevadores. `Às vezes as pessoas não notam que o elevador tem câmera e acontecem algumas situações engraçadas ali`, conta, sorrindo.

Há quase um ano como porteiro, Róbson Evangelista da Silva, 22, também de Santo André, acredita que seria importante ter mais formação para o trabalho, por isso ele valoriza o treinamento básico que teve na empresa onde é contratado.

`Eu aprendi mesmo na prática. Mas reconheço que sem o mínimo de treinamento ficaria difícil começar na profissão`, revela.

Fonte: Jornal Diário do Grande ABC em 29/11/2009

O curso ministrado por Diney Rodrigues que a matéria acima se refere é o Curso de Formação e Treinamento de “Agente de Portaria, Recepção e Controle de Acesso”. Este curso é ministrado na RECAP, às 4ª e 6ª feiras, no horário de 08,00 às 18,00 horas.

Você também quer fazer este excelente curso? Então entre em contato conosco. Fones:(11) 3337-3062 e 3463-2891

 


Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.

JORNAL = O DIÁRIO DE SÃO PAULO

23  Setembro de  2012

 

Entrevista do Prof. Diney Rodrigues, da Recap Treinamentos, para a jornalista Camila Juliotti da Agência Idearia (O Diário de São Paulo)

 

Bom dia, Prof. Diney.

Seguem as perguntas:

 

P- Quem pode fazer o curso?
R: Homem ou mulher com + de 18 anos.

 

P- Precisa ter experiência na área?
R- Não, mas as empresas que contratam estes profissionais colocam anúncios nos meios de comunicação solicitando candidatos com experiência ou curso de Porteiro(a) ou Controlador(a) de Acesso.

 

P- Quais os assuntos abordados?
R-  Segurança Patrimonial de condomínios e empresas; Rotina de portaria /recepção;  Comunicação (com HT);  Relacionamento interpessoal; Atendimento, postura e disciplina; Controle de acesso de pessoas e veículos; Prevenção de incêndio e combate ao fogo; Conhecimento básico do Código Penal Brasileiro; Monitoramento de CFTV e alarmes, entre outros.

 

P- Qual a carga horária dos cursos?

R- Para Porteiro, Agente de Portaria, Recepcionista de Portaria e Controlador de Acesso são 10 horas. Líder de Portaria 20 horas e para Zelador de Edifícios & Condomínios Residenciais, Comerciais e Mistos, são 60 horas.



P- Os alunos recebem um certificado?
R- Sim. No final do treinamento todos os alunos recebem o certificado de conclusão de curso, válido em todo o território nacional.

 

P- Quantos alunos vocês têm inscritos hoje?
R- Nós formamos, qualificamos e treinamos + - 50 alunos por semana, que após receberem os certificados são encaminhados para as empresas parceiras da Recap, para ocuparem uma vaga nos postos de serviços em empresas diversas, condomínios e instituições
.


ATENÇÃO: A Recap não oferece empregos nem faz promessas de empregos para ninguém. As vagas de empregos para os alunos e formandos são disponibilizadas por várias Empresas parceiras, Terceirizadoras de Serviços, Administradoras de Condomínios e Condomínios Comerciais, Residenciais e Mistos.

 

 P- Muitos condomínios estão exigindo o curso para contratar o funcionários?
R- Sim! Nos dias atuais, 80% dos Síndicos e Administradores de Empresas e Condomínios de São Paulo estão exigindo funcionários treinados e qualificados para trabalhar nos condomínios em que moram e empresas que administram. Os tempos mudaram, os arrastões e assaltos aos condomínios e empresas aumentaram muito no século 21 e os empresários, síndicos, condôminos e clientes estão cada vez mais exigentes. Querem realmente profissionais preparados e capacitados para trabalhar nos condomínios onde moram e/ou trabalham, e empresas que administram.

 

=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/
 


Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.

Fonte e crédito da foto: Folha de São Paulo

 

PORTEIROS FAZEM CURSOS COM USO DE RÁDIO COMUNICADOR (HT) E ATÉ MESMO NOÇÕES BÁSICAS DOS CÓDIGOS PENAL E CIVIL SÃO ABORDADAS NAS AULAS

 

 

Folha /cotidiano

Da reportagem local

 

Os prédios ou mesmo as empresas de segurança que resolveram manter os porteiros no comando das portarias dos condomínios exigem que os funcionários passem por cursos de formação e treinamento.

 

Não há mais espaço para aquele senhorzinho de mais idade que fica em uma guarita lendo jornal. O mercado exige uma pessoa mais profissional, diz Ronie Emerson Ferrareto, diretor comercial da RECAP TREINAMENTOS, que oferece cursos profissionalizantes na área de portaria, recepção e controle de acesso.

As aulas são ministradas geralmente em um só dia e ao final do curso o aluno recebe o certificado e o encaminhamento para as empresas parceiras dos Centros de Treinamento, que prestam serviços em condomínios, empresas diversas e instituções.

 

Uso de HT, maneiras de abordar moradores, clientes e visitantes, controle de acesso de veículos, acompanhamento das câmeras de vigilância (CFTV) e até mesmo noções básicas dos códigos Penal e Civil são algumas disciplinas dos cursos.

 

“Fiz o curso achando que me ensinariam somente a recepcionar as pessoas. Aprendi que a recepção é importante, mas que a segurança do condomínio e dos moradores é mais ainda”, diz Antonio , 38, que há dois anos trabalha em um prédio de Higienópolis, bairro de classe média alta da capital paulista.

 

Jornal  A Folha de S. Paulo

08 de março de 2010

 

 

 

 

 


Copyright 2007 - recapnet.com - Todos os direitos reservados

Site pronto: NetFacilita